Palestra sobre Teoria dos Jogos Aplicada ao Processo Penal é realizada na OAB/MG

A OAB/MG, por meio da Comissão de Assuntos Carcerários, realizou a palestra Teoria dos Jogos Aplicada ao Processo Penal, ministrada pelo pós-doutor e juiz de direito de Santa Catarina, Alexandre Morais da Rosa. O evento realizado na sexta-feira (11/11), é mais uma iniciativa da Ordem mineira para propagar o ensino entre os advogados, estudantes de direito e demais cidadãos, afirmou o presidente da comissão, Fábio Piló.

Com auditório lotado, Alexandre Rosa, explicou que a teoria dos jogos é um ramo da matemática aplicada, que estuda situações estratégicas nas quais os jogadores escolhem diferentes ações na tentativa de alcançar melhores resultados. A importância de entender o pensamento dos julgadores e as regras utilizadas é reforçada para a compreensão dos processos.

A estudante Karolliny Ramos Gonçalves, 6º período de direito, achou a palestra muito enriquecedora, “ele mostrou que o processo é mais focado na investigação e me fez enxergar de uma forma diferente. Não é só o processo que importa, mas as pessoas que vão estar nele também”, concluiu.

O advogado, em especial o que milita na área criminal, precisa ter o conhecimento dos bastidores: o que pode acontecer na audiência, o que acontece no inquérito policial e o que acontece desde o boletim de ocorrência, analisou conselheiro estadual, Adilson Rocha. “Atualmente a advocacia para ser eficiente e eficaz obriga ter esse conhecimento de tudo que acontece extra à condição do processo em si” afirmou.